Cusco, uma cidade de tirar o fôlego, literalmente

Visitar a capital do Império Inca literalmente vai te deixar sem fôlego. A cidade de Cusco fica a uma altitude de 3.400 metros acima do nível do mar, e a pressão parcial do oxigênio, ou seja, a disponibilidade do mesmo para a nossa respiração é menor do que estamos acostumados no Brasil. Mas, vale o esforço para ver tanta beleza e conhecer um pouco mais sobre a cultura inca. Ao chegar na cidade, descanse! Assim, seu corpo vai se acostumando com o clima e fica mais fácil respirar.

cusco-24

Em dezembro de 1983  Cusco foi nomeada pela UNESCO como Patrimônio Cultural da Humanidade. A Capital do Estado de Cusco, que leva o mesmo nome, é uma cidade que oferece a seus visitantes uma variedade de atrativos naturais, históricos e culturais. A imensa quantidade de ruínas arqueológicas, museus, igrejas e praças fizeram de Cusco o centro turístico mais importante do Peru. É ponto de referência e partida para conhecer a história do Império Inca, que se pode aprender observando Cusco e seus arredores, as ruínas de Sacsayhuaman, Qenqo, Tambomachay, Pisac, Ollantaytambo, Moray, Chinchero, Tipon, Pikillaqta e o Santuário de Machu Picchu, uma das 7 Maravilhas do Mundo.

cusco-10

Vou dividir este post em duas partes: o que conhecer no centro de Cusco, e como ir aos sítios arqueológicos. Então, vamaos aos principais pontos do centro da cidade:

Catedral Principal de Cusco
A catedral de Cusco possui um estilo gótico renascentista maneirista junto com o barroco cusquenho e foi construída com mão de obra indígena, no lugar onde era o palácio inca Sutur Wasi e levou mais de 100 anos para ser finalizada. Suas três portas solidas e bem esculpidas surpreendem os visitantes e em seu interior ressaltam seus esplendidos altares. O altar principal é revestido com prata e é dedicado a Virgen Asunta ou “de la Asunción”, a quem a Catedral foi dedicada. Todas suas coleções de pintura, quadros, talhados na pedra e madeira e gesso foram realizadas pela Escola Cusquenha e por seus destacados representantes como Diego Quispe Tito, Basilio Santa Cruz Pumacallo e Marcos Zapata. Dentre as obras de mais destaque está, “A Última Ceia”, a única que tem no prato principal um cuy (porquinho da índia) assado, e o Senor de los Temblores (senhor dos terremotos), que segundo os moradores foi o responsável por acalmar o terremoto de 1650 e é a representação do cristo de cor negra que, segundo histórias, foi enviada da Espanha pelo Rei Carlos V como forma dos indígenas se identificarem com a imagem.

Qoricancha, “Templo Principal dos Incas”
Qoricancha é a construção religiosa mais antiga da América Meridional, e seu nome vem da língua quéchua, que significa “cerco de ouro”. Este recinto era o principal Templo do Deus Sol e o centro do poder religioso, político e geográfico,que agora está situada no Convento de Santo Domingo. Foi um dos templos mais importantes e venerados no império Inca. Ali os antigos peruanos rendiam culto ao Deus máximo dos incas: el Inti (Deus do Sol). No templo ainda é possível apreciar a incrível arquitetura inca, os muros foram feitos com pedras maiores, bem entalhadas e encaixadas perfeitamente uma nas outras como um quebra-cabeça. Os primeiros cronistas disseram que cada muro estava coberto de ouro e que foi roubado pelos antigos espanhóis, porem se pode imaginar como realmente era este lugar em todo seu esplendor.

Igreja e Convento de La Merced
Construída no século XVI em um terreno doado por Francisco Pizarro, possui uma união entre os estilos neoclássico e o barroco cusquenho. Ao centro de seu altar, se pode observar uma imagem da Senhora da Misericórdia. Essa imagem é acompanhada pela Cruz do Padre Urraca e também do Senhor de Huanca, um santo muito venerado em Cusco. A Igreja possui um Claustro Maior feito em pedra, de tal maneira que se faz parecido a madeira talhada. Além disso, possui seu museu onde ficam expostas telas e joias. A peça que possui maior destaque é a Custodia da Mercedes. Essa obra mede 1.2 metros de altura e pesa 22 kg e foi elaborado em ouro com pedras preciosas, como diamantes, ametistas, esmeraldas e rubis.

Templo de San Blas
É considerado Patrimônio Cultural da Nação e está localizada na Praça de San Blas (um bairro onde é possível encontrar diversos artistas que vendem artesanatos). Sua construção em adobe e pedra lavrada é simples, porém charmosa e com um belo interior. O altar é detalhadamente talhado em cedro e folheado a ouro. Além disso, abriga o famoso El Púlpito, peça única do período colonial. Entre as pinturas, se destaca a série que representam os milagres e a vida de San Blas, obras do pintor Fabián Pérez de Medina.

Plaza Principal de Cusco, “Praça de Armas”
Conhecida entre os incas como lugar de encontro e veneração aos mortos, o nome original é “Huacaypata”, lugar das penitencias, nesta praça se realizaram muitos acontecimentos históricos, tanto na época incaica como colonial. Os antigos peruanos faziam comemorações festivas e religiosas para o deus Sol e a é assim até hoje. Cada ano, em Junho, se celebra a festa mais popular de Cusco, o Inti Raymi que traduzido seria Festa do Sol. Aqui se construíram os palácios de Pachacútec, Huayna Capac, Sinchi Roca, Wiracocha e de outros imperadores incas. Em cima destes palácios os espanhóis ergueram suas principais construções como Igrejas, capelas, casas e outros.

Mercado San Pedro, “Mercado Municipal de Cusco”
O Mercado San Pedro é uma das construções mais antigas de Cusco, foi fundada em 1925. Apesar dos anos não teve mudanças significativas e continua sendo o maior centro de concentração e abastecimento de alimentos de Cusco. Entrar no mercado dá uma boa sensação de interação cultural e histórica, com seus costumes, suas histórias, seus produtos agrícolas andinos, seus aromas, seu jeito de viver entre as pessoas e a cultura viva expressada em seu idioma, vestimenta e outros, faz com que ainda seja uma cidade com preservação cultural.

Vamos às fotos:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s