O transporte público no Reino Unido não é somente flores!

O transporte público pelos países do Reino Unido é eficiente, mas tudo depende do roteiro que você pretende fazer. A facilidade é que você pode viajar pelo país todo de ônibus ou trens. Mas não espere que por ser país de primeiro mundo não enfrentará dificuldades como: se deparar com estações de trem sem elevador e descer mais de 60 lances de escada carregando uma mala de 23 quilos. Pois é gente, a arquitetura inglesa é linda, as estações conservadas, mas muitas delas não possuem elevador, e o turista precisa se virar!  Já os ônibus são extremamente limpos, organizados e o valor da passagem varia de acordo com a distância que irá percorrer.

Na estrada

Toda cidade britânica possui um sistema interno de transporte público, mas sua eficiência dependerá de cada região e bairro. Ônibus são mais fáceis de entender – de onde partem e para onde vão e em quais pontos irão parar. Além disso, costumam ser um pouco mais baratos que os outros transportes (principalmente mais econômico que manter o seu próprio carro ou usar os serviços de táxis). A maioria das estações de ônibus no Reino Unido terá informações sobre horários e preços. Em cidades como Londres, por exemplo, que possuem sistemas integrados de transporte público, você pode requerer um cartão Oyster pelo site Transport for London. Com o Oyster você tem 30% de desconto nos tickets de ônibus e de metrô (conhecido por tube em Londres ou metro no Reino Unido, diferente do subway nos Estados Unidos). E, é claro, as informações sobre os transportes públicos de cada cidade podem sempre ser encontradas online. Como é o caso do Transport for London, de Londres, e do Strathclyde Partnership for Transport, de Glasgow (Escócia).

Underground

Underground é o termo britânico para se referir à rede de metrôs subterrânea da cidade (ou no inglês londrino, tube network). É o meio de transporte mais rápido e mais fácil de usar. Em Londres o metro é reconhecido como o melhor meio de transporte da cidade. A princípio, para quem não está acostumado, a teia de linhas coloridas que é formada no mapa do metrô pode parecer um tanto complicada, ainda mais se for necessária uma baldeação (troca de linha) para chegar ao seu destino. Não tenha receio de pedir informações – funcionários e cidadãos estão acostumados com turistas na cidade e não se importarão em lhe ajudar. Mas, com o tempo, você vai dominar a arte de usar o metrô em Londres e saberá facilmente qual linha pegar para cada região da cidade. É questão de uso e costume.

Viajar de cidade para cidade

Agora se você quer conhecer novas cidades, a melhor forma de viajar é de trem. Este transporte não tem a melhor fama no Reino Unido: pode ser considerado um tantinho caro e nem sempre pontual. Em uma viagem de aproximadamente 40 minutos você gastará a média de 15 libras, ou seja, quase R$60. Mas nada que uma viagem bem planejada não resolva. É importante checar preços de cada companhia e a previsão do tempo – se há chances do tempo estar ruim no dia da viagem, pode ser que o seu trem seja cancelado ou a sua saída atrase. Algumas companhias de transporte reembolsam parte do valor do seu ticket em caso de atraso de mais de uma hora.

Assim como passagens de avião, os valores para os tickets de trem vão variar de acordo com a antecedência que você os compra ou da data/horário que pretende viajar. No geral, os tickets para o período da tarde nos dias da semana custarão razoavelmente menos que viagens em horários de pico. Os valores dos tickets para cada destino será divulgado três meses antes da data da viagem, e torna-se cada vez mais caro à medida que a data se aproxima. Portanto, comprar uma passagem de trem com um mês de antecedência sairá mais barato que com apenas uma semana, por exemplo. Se você quer mesmo economizar e tem tempo para planejar as suas viagens, vale à pena pesquisar sempre em companhias como National Express e Megabus que oferecem viagens econômicas para praticamente todo destino do Reino Unido por passagens bem baratas, que podem chegar a ser apenas £1. Para economizar tempo e dinheiro, basta planejar suas viagens com antecedência, pesquisar companhias e preços, ficar atento a promoções, estudar o caminho que irá fazer (nada que o Google Maps não possa ajudar)… E boa viagem!

londres-notting-hill-74

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s