Saiba como se livrar do medo de voar

Eu adoro voar! No ano passado, nesta mesma data, eu estava chegando ao Reino Unido, após 15 horas de voo sem escala. Comi, dormi, assisti filme, tirei muitas fotos, e quando menos esperava, já estava na Inglaterra. Mas para 25% dos passageiros aéreos, entrar num avião é sinônimo de muito nervosismo. Algumas pessoas chegam a sentir aumento da frequência cardíaca, náuseas, vômitos, irritação e tontura. Esses sintomas são chamados de aerofobia. A psicóloga Nicole Moron, explica como se livrar ou controlar este medo!

“Algumas pessoas tem o hábito de concentrar-se nas possibilidades negativas, e pensamentos como: ‘o avião vai cair’, ‘vou passar mal’, ‘posso morrer’, se alimentados, podem gerar aumento da ansiedade”,  explica Nicole. O medo de voar pode surgir por vários fatores: voos traumáticos no passado, possibilidade de doença de movimento devido à turbulência do ar, notícias e imagens de acidentes de avião ou de ameaças de terrorismo. A boa notícia é que você pode vencer este medo! Vamos começar com uma informação importante! Uma pesquisa da Folha de S. Paulo mostra que viajar de avião é 11 vezes mais seguro que de carro, então agora é hora de enfrentar o medo e livrar-se dele!

“Primeiramente é importante monitorar os pensamentos, com o objetivo de identificar emoções angustiantes.”, diz Nicole. Descubra o que te assusta e examine como sua reação aciona a ansiedade. Outro fator que pode ajudar a se livrar do medo é  conhecer um avião por dentro. Procure  entender como os aviões são projetados e quais os procedimentos durante uma turbulência, isso vai te trazer mais segurança.

Segundo a psicóloga, ao entrar no avião, é importante tentar se distrair. Ler um livro, ver um filme ou brincar com um jogo são atividades que podem ajudar.  “A ansiedade intensa, altera a respiração, fazendo-a ficar rápida e curta. Exercícios respiratórios também ajudam a baixam o nível de excitação e elimina muitas sensações físicas desagradáveis”,  diz Nicole.

Outro fator positivo é trazer à mente lembranças que remetam você a situações de tranqüilidade, segurança e paz interior. Mas, se mesmo com estas técnicas, o medo persistir a ponto de te incomodar, procure ajuda médica.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s