PowerScourt Garden, o jardim irlandês!

Aí, aí, começo este post suspirando, porque é o que você vai fazer ao pisar no PowerScourt Garden. Sabe aqueles  quadros de paisagem? A sensação é sair de dentro de um deles, com a diferença que poderá respirar o perfume das flores, ouvir o barulho das nascente e ver o jardim mais colorido da Irlanda.

Já no portão de entrada você vai se deparar com uma imagem  típica do outono irlandês.

14695429_10209327789865358_1375149765486311785_n

Caminhando mais alguns minutos vai se deparar com o Powerscourt House. O palácio foi inicialmente um castelo do século XIII e pertencia a família Wingfield. Tinha uma posição militar estratégica onde os donos podiam saber quem acessava o lugar vindo de outras regiões. Em 1974 o prédio foi destruído por um incêndio, mas foi reformado pela família Slazenger que hoje é proprietária do lugar. A construção possui 3 andares e mais de 60 salas e hoje funciona como um centro de visitantes no qual há loja de conveniência, souvenirs e um restaurante.

img-20161029-wa00501
As atrações do PowerScourt Garden

A gigantesca área do Powerscourt Gardens dispõe de diversas atrações, sendo os principais jardins o Italian Garden (Italiano) e o Japanese Garden (Japonês). As outras atrações são o Pet’s Cemitery (Cemitério de Animais), Tower Valley (Torre do Vale), Triton Lake (Lago do Tritão), Walled Gardens (Jardins Murados), além também de uma cachoeira bem grande (não cheguei a ir lá) e mais de 250 espécies de árvores plantadas ao longo de 2 séculos.

Os jardins

Podemos dizer que o Italian Garden (Jardim Italiano) é o principal do lugar, uma vez que logo na entrada nós damos de cara com ele. O jardim é perfeito e foi totalmente planejado pelo arquiteto Daniel Robertson, que precisou de 12 anos e mais de 100 homens para tirar esse jardim do papel. Do alto podemos ter uma vista linda de todo o jardim com o Triton Lake e uma montanha ao fundo que por aqui é conhecida como “Pão de Açúcar”. Chegando mais perto do Triton Lake somos recebidos por duas estátuas de dois cavalos com asas, os famosos Pégasus da mitologia grega e que também era o simbolo dos primeiros proprietários do lugar. Dentro do lago podemos observar diversas plantas e lá no centro uma estátua do Tritão, inspirado na fonte Piazza Barberini de Roma.

img-20161029-wa00481

Perto dali podemos encontrar o Japanese Garden (Jardim Japonês) que foi criado pelo 8º Visconde de PowerScourt em 1908. Nesse jardim você pode encontrar uma diversidade imensa de plantas e flores, dentre elas as lindas Azaléias que na primavera florescem e dão um perfume especial pro lugar. Dentro do jardim tem vários caminhos que você pode percorrer, além de uma Pagoda e um pequeno córrego de águas cristalinas e que passam por todo o jardim. Eu não resisti e fiz uma foto para registrar a beleza do lugar.

 

20161024_1056581

Já o Pet’s Cemitery (Cemitério de Animais) é um dos maiores cemitérios de animais da Irlanda. Nele estão enterrado os restos mortais dos bichinhos que viveram ali em PowerScout, dentre cachorros, gatos e até cavalos. Ali estão enterrados os pôneis Tommy e Magic, a vaca Jersey que teve 17 bezerros e produziu mais de 100 mil litros de leite para PowerScourt. As lápides levam nomes como Sra Mare, Little Bots e Doodles Chow e o que chama a atenção são as datas, algumas de 1901.

Mais adiante também podemos encontrar a Dolphin Pond, um lago comprado por Mervyn Wingfield, 7º visconde de PowerScourt no século XIX. De frente para ele há o Walled Gardens (Jardins Murados), um jardim fechado que possui milhares de flores, deixando a paisagem bem colorida e perfumada. Lá dentro há uma estátua chamada Julia’s Memorial, uma homenagem a mãe do 7º visconde.

14713642_10209327786825282_5968171895562695766_n

Por fim você pode visitar também a Tower Valley (Torre do Vale), uma imensa torre construída pelo Lord de Powerscourt. Em sua base podemos observar 8 canhões e ali também há uma porta onde você pode subir pelas escadas até o topo da torre. De lá é possível ter uma vista linda da copa das árvores, além de um pedacinho do Italian Garden e de PowerScourt House.

14671174_10209327731543900_3729906112135112756_n 14705731_10209327720703629_3508075219478619746_n

Faça aqui seu tour virtual

E conforme prometido no post anterior, aqui está, as mais belas paisagens do PowerScourt Garden.

 

Como chegar: embarque na linha de ônibus 44 na Merrion Square (dois quarteirões da Trinity College e Grafton Street) sentido Enniskerry, e desembarque no ponto final. São cobrados 3,30 euros pela jornada de ida. Os jardins ficam a um quilômetro de distância do ponto final. Siga as placas de direção. Outra opção é pegar um tour para esse jardim. Ou ainda, se preferir e tiver pouco tempo, pegue um tour para Glendalough que inclua o Powerscourt Gardens – em um dia você pode conhecer e se maravilhar com esses dois locais.

Horário de funcionamento: diariamente, das 9h30 às 17h30 (fechando nos dias 25 e 26 dezembro)

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s